Diabetes e a passagem na adolescência- É preciso repensar as atuações?

A diabetes tipo 1 requer um cuidado constante que passa pelo controlo glicémico por parte do individuo com o objetivo de melhorar a sua qualidade de vida. No entanto, nem sempre é fácil fazer prevalecer esta realidade principalmente em períodos concretos da vida como o caso da adolescência. Esta fase da vida é tão marcante que as barreiras e facilitadores do controlo glicémico do próprio individuo são frequentemente reportadas em trabalhos de investigação, abordando vários temas, desde o ambiente em que estão inseridos, até ao próprio sistema de saúde [1].

Outros trabalhos científicos focam a importância que o cuidador tem na passagem de informação e na forma como comunica com o adolescente diabético, sendo o papel dos pais muitas vezes desvalorizado [2]. Mais recentemente, um estudo mostrou que a utilização da persuasão e do confronto em relação às situações de “não adesão à terapêutica” estavam associados a um pior controlo glicémico. Por outro lado, a positividade com apoio motivacional parece ser a estratégia ideal a adotar nestas situações [3]! Também é sugerido que os adolescentes podem beneficiar de programas de educação digitais que incluem a passagem de conteúdos on-line, especialmente quando estes têm mais dificuldades emocionais em conjugar o seu dia a dia com a diabetes [4].

Com isto, a Carbo App reforça o seu papel na manutenção do controlo e gestão da diabetes, sendo uma ferramenta que incorpora a vertente científica e educacional!

1. Datye, K., et al., Experiences of Adolescents and Emerging Adults Living With Type 1 Diabetes. Diabetes Educ, 2019. 45(2): p. 194-202.
2. Grossoehme, D.H., et al., Understanding adolescent and parent acceptability and feasibility experience in a large Type 1 diabetes mellitus behavioural trial. Diabet Med, 2019.
3. Caccavale, L.J., et al., Exploring the role of motivational interviewing in adolescent patient-provider communication about type 1 diabetes. Pediatr Diabetes, 2019. 20(2): p. 217-225.
4. Lansing, A.H., M. Stoianova, and C. Stanger, Adolescent Emotional Control Moderates Benefits of a Multicomponent Intervention to Improve Type 1 Diabetes Adherence: A Pilot Randomized Controlled Trial. J Pediatr Psychol, 2019. 44(1): p. 126-136.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *