Diabetes na escola. E agora?

Nas escolas, os cuidados com as crianças com diabetes representam um grande desafio uma vez que, há uma grande preocupação e stress sentido pelos pais destas crianças [1].
Considerando que grande parte da vida das crianças é passada na escola, esta acaba por desempenhar um papel fundamental naquelas que desenvolveram diabetes, principalmente na sua gestão. A escola deve ser capaz de assegurar a inclusão destas crianças em todas as atividades que sejam realizadas no âmbito escolar e o espaço físico e temporal para as pesquisas glicémicas, sendo inclusivamente capazes de serem preventivos e supervisores de possíveis situações de híper ou hipoglicemias [2].
De forma a alcançar as melhores condições para as crianças, é fundamental um trabalho multidisciplinar entre a escola e as famílias[3], sendo o professor, uma peça fundamental para a otimização da terapêutica. Pela sua proximidade à criança acaba por conseguir sensibilizá-las para a importância que a diabetes tem na sua vida, a curto e a longo prazo. Segundo a American Diabetes Association, o professor deve:
• Aprender o máximo sobre a doença, de forma a saber agir da melhor forma em situações de emergência;
• Ter noção que cada estudante com diabetes é diferente e requer atenção especial que deve ser aprofundada;
• Colaborar ativamente com os restantes membros do corpo escolar;
• Não destacar atenção desnecessária sobre a doença para com os restantes estudantes, promovendo a inclusão do estudante com diabetes;
• Por fim nunca deve guardar as suas dúvidas e expectativas mas sim tratar as mesmas de forma multidisciplinar colocando a criança como principal objetivo.

A CARBO APP é muito mais que uma aplicação… É uma estrutura de apoio para a gestão da diabetes!

1. Desserprix, A., [Improving school life for children with diabetes]. Soins, 2013(779): p. 20-2.
2. Bechara, G.M., et al., “KiDS and Diabetes in Schools” project: Experience with an international educational intervention among parents and school professionals. Pediatr Diabetes, 2018. 19(4): p. 756-760.
3. Henderson, G., Standards of care for students with type 1 diabetes: Ensuring safety, health and inclusion in school. Paediatrics & child health, 2005. 10(1): p. 25-27.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *